O que é Fosfatidilserina? Descubra os Benefícios da Fosfatidilserina para o seu Cérebro!

O que é Fosfatidilserina?

O nome soa estranho, porém a Suplementação de  Fosfatidilserina ou (PS) tem sido fundamental, segundo estudos científicos, para combater a doença de Alzheimer, a demência, o declínio cognitivo relacionado à idade, TDAH, a doença de Parkinson, a depressão e  além do mais melhora significativamente o desempenho esportivo. 

A fosfatidilserina é fundamental para a manutenção de todas as funções celulares, especialmente no cérebro. Pesquisas também mostram que é importante para:

  • Formação de matriz óssea
  • Reparo e remoção celular pelo sistema imunológico
  • Coordenação de batimentos cardíacos
  • Secreção hormonal pelas glândulas supra-renais
  • Função testicular

Fosfatidilserina ou vamos de chamar de (PS – iniciais do nome em inglês) para ficar mais fácil,  é um fosfolipídio que contém aminoácidos e ácidos graxos. Os ácidos graxos ômega-3 EPA e DHA trabalham sinergicamente com o PS para fornecer os blocos de construção para as membranas celulares saudáveis. O corpo humano pode produzir fosfatidilserina, mas obtém a maior parte do que precisa dos alimentos.

 

6  Benefícios da Fosfatidilserina

1. Melhora os sintomas da doença de Alzheimer

A doença de Alzheimer é uma forma de demência que pode roubar as pessoas da capacidade de pensar com clareza, realizar tarefas cotidianas e, finalmente, lembrar quem elas são. Suplementos de fosfatidilserina podem aumentar os níveis de substâncias químicas cerebrais envolvidas com a memória e melhorar a comunicação das células cerebrais. Embora não seja uma cura, tomar fosfatidilserina pode melhorar os sintomas da doença de Alzheimer e da demência em alguns casos. Parece ser mais eficaz em pessoas com sintomas menos graves.

Em um estudo cruzado, com pessoas com doença de Alzheimer que tomaram 300 miligramas de PS por dia durante oito semanas tiveram maior melhora no bem-estar geral do que aquelas que tomaram placebo, mas não houve diferenças significativas nos testes de função mental.

Em outro estudo duplo-cego, 200 miligramas de fosfatidilserina foram tomados duas vezes ao dia por 70 pacientes com provável doença de Alzheimer. Os pesquisadores descobriram que a suplementação de PS produziu melhorias a curto prazo na função mental melhor documentadas em oito e 16 semanas.

2. Auxilia a Desaceleração do Declínio Cognitivo Relacionado à Idade

Demonstrou-se que a fosfatidilserina dos fosfolipídeos de cérebro bovino melhora a memória, a cognição e o humor nos idosos em pelo menos dois estudos controlados por placebo. Ambos os estudos levaram pacientes idosos a tomar 300 miligramas de PS por dia.

No primeiro estudo, 10 mulheres idosas com transtornos depressivos foram tratadas com um placebo por 15 dias e depois com um suplemento de PS por 30 dias. Os pesquisadores descobriram que a fosfatidilserina produziu uma melhora consistente dos sintomas depressivos, memória e comportamento em todos os participantes. 

Um outro estudo publicado na revista Aging avaliou o efeito de seis meses de suplementação de PS em 494 pacientes idosos com comprometimento cognitivo. Os pesquisadores descobriram que o PS produziu melhorias estatisticamente significativas nos parâmetros comportamentais e cognitivos após três meses e novamente após seis meses. Além disso, a fosfatidilserina foi bem tolerada pelos indivíduos.

3. Combate Depressão

Estudos mostram que pacientes com depressão têm comprometimento do fluxo sanguíneo em várias regiões cerebrais. Ter uma deficiência de ômega-3 é uma condição de saúde que pode diminuir o fluxo sanguíneo normal para o cérebro. A deficiência de ômega-3 também causa uma redução de 35% nos níveis de PS no cérebro. Então, quando alguém está deprimido, ele ou ela é tipicamente baixa em ômega-3, bem como PS. Faz sentido que um aumento na ingestão de PS através de alimentos e / ou suplementação possa ajudar a combater a depressão.

A fosfatidilserina também afeta os níveis de neurotransmissores no cérebro relacionados ao humor, e pesquisas demonstraram que ela pode diminuir a gravidade da depressão. Em um ensaio preliminar, mulheres idosas sofrendo de depressão que receberam 300 miligramas de PS todos os dias durante 30 dias tiveram uma redução média de 70% na gravidade de sua depressão.

4. Melhora os Sintomas da Doença de Parkinson

A doença de Parkinson é uma doença degenerativa do sistema nervoso que resulta em perda de movimento intencional. Geralmente, pessoas com Parkinson perdem a capacidade de falar corretamente, têm dificuldade em andar e também podem sentir tremores. Não existe uma causa conhecida específica, mas pessoas com Parkinson experimentam uma morte das células cerebrais que produzem dopamina, que é responsável pela sinalização para áreas do cérebro que lidam com o movimento. Quando essas células cerebrais morrem, o cérebro começa a perder a capacidade de dizer ao corpo quando e como se movimentar, resultando nos sintomas de Parkinson.

A fosfatidilserina é a chave para o bom funcionamento do cérebro, e as pessoas com Parkinson geralmente têm baixos níveis de fosfatidilserina. Em um estudo, tomar 100 miligramas de PS três vezes por dia melhorou o humor e a função cerebral em pessoas com Parkinson.

5. Trata Sintomas de TDAH

O transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) é um dos transtornos neurodesenvolvimentais mais comuns da infância. Crianças com TDAH geralmente têm dificuldade em se concentrar e controlar comportamentos impulsivos e são excessivamente ativas. TDAH também pode afetar adultos.

Para as pessoas diagnosticadas com TDAH, mostrou-se que a fosfatidilserina ajuda a aumentar o foco mental, promovendo a memória e a cognição, melhorando o humor e aliviando o estresse por meio da redução dos níveis de cortisol. PS foi mostrado para incentivar o aumento da atividade cerebral através dos neurotransmissores, melhorando assim a capacidade de quem sofre de TDAH para se concentrar, controlar impulsos melhor e aprender sem ficar facilmente fatigado.

Um estudo de 2014 publicado no Journal of Human Nutrition and Dietetics queria descobrir se a suplementação com fosfatidilserina derivada da soja pode melhorar os sintomas de TDAH em crianças. Este estudo randomizado, duplo-cego, com 36 crianças de 4 a 14 anos de idade, que não haviam recebido tratamento medicamentoso para o TDAH, recebeu placebo ou 200 miligramas de PS por dia durante dois meses. Os pesquisadores descobriram que a suplementação com PS melhorou significativamente os sintomas de TDAH, assim como a memória auditiva de curto prazo. Eles concluem que PS pode ser “uma estratégia nutricional segura e natural para melhorar o desempenho mental em crianças pequenas que sofrem de TDAH”.

6. Aumenta o Desempenho Atlético

A fosfatidilserina demonstrou melhorar o desempenho atlético em múltiplos estudos. Também foi demonstrado que diminui o dano muscular e melhora a resposta endócrina ao estresse corporal induzido pelo exercício.

Um estudo de 2007 publicado no Jornal da Sociedade Internacional de Nutrição Esportiva avaliou o efeito da suplementação oral de PS sobre o desempenho do golfe em jovens golfistas saudáveis. Concluiu-se que seis semanas de suplementação de PS melhoraram os níveis de estresse percebidos em golfistas e melhoraram significativamente o desempenho desses atletas.

Outro estudo analisou os efeitos da suplementação diária de 750 miligramas de fosfatidilserina derivada da soja por 10 dias em ciclistas ativos do sexo masculino. O principal achado do estudo foi que a suplementação de PS aumentou significativamente o tempo de exercício até a exaustão em 85 por cento V̇O2 max. VO2 max é a quantidade máxima de oxigênio que um indivíduo pode utilizar durante o exercício intenso. É um fator que pode determinar a capacidade de um atleta de realizar exercícios sustentados e está ligado à resistência aeróbica geral. Este estudo mostra a capacidade da fosfatidilserina para melhorar o desempenho físico.

Possíveis Efeitos Colaterais de Fosfatidilserina e Precauções

A fosfatidilserina é considerada segura quando tomada por via oral em dosagens apropriadas. Em estudos, tem sido usado por até seis meses.

Possíveis efeitos colaterais da fosfatidilserina, especialmente em doses acima de 300 miligramas, incluem insônia e desconforto estomacal.

Você não deve tomar fosfatidilserina se você tomar qualquer tipo de anticoagulante. Você também deve ter cuidado ao combiná-lo com suplementos naturais para diluir o sangue, como ginkgo biloba. Se você tiver uma condição médica crônica ou se estiver tentando engravidar, amamentando, com menos de 18 anos de idade ou tomando outros medicamentos, converse com seu médico antes de tomar PS.

Considerações Finais sobre a Fosfatidilserina

Fosfatidilserina é crucial para a função celular, especialmente em nossos cérebros.

Fosfatidilserina é feita em nossos corpos, mas obtemos a maior parte do nosso PS de alimentos ou suplementos alimentares.

Se você seguir uma dieta com baixo teor de gordura ou baixo teor de colesterol ou estiver sob estresse crônico, possivelmente você tem baixas taxas de PS.

Suplementação PS tem sido demonstrada em estudos científicos para melhorar a doença de Alzheimer, demência, declínio cognitivo relacionado à idade, TDAH, doença de Parkinson, depressão e desempenho esportivo.

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *